♦ A volta da Roda Gigante de Viena

Em momento histórico, a grande atração que até hoje só havia parado na Segunda Guerra Mundial voltou a girar, marcando o reinício pós-coronavírus

Texto: Turismo de Viena

A Roda Gigante – símbolo de Viena e do turismo –, que vinha girando ininterruptamente desde o final da Segunda Guerra Mundial, precisou ser desligada em meados de março de 2020 pela primeira vez em 75 anos. Mas isso já é passado: na sexta-feira, 29 de maio, ao meio-dia, Nora Lamac, cuja família gerencia a Roda Gigante há várias gerações, apertou o botão da Roda Gigante juntamente com o prefeito de Viena Michael Ludwig, retomando o funcionamento desse marco vienense.

Michael Ludwig, prefeito de Viena: “Em Viena, a roda voltou a girar, os hotéis reabriram suas portas e a vida está gradativamente despertando. Mais uma vez comprovamos aquilo que já há anos vem sendo indicado por diversos rankings como o Mercer e o Economist: Viena é uma metrópole funcional, segura e com qualidade de vida, plenamente capaz de lidar com situações desafiadoras”.

Nora Lamac, proprietária da Roda Gigante de Viena: “Antes do coronavírus, a Roda Gigante esteve em funcionamento ininterrupto por 75 anos. Se a roda não gira, é sinal de que a vida como um todo também está parada. É por isso que este é um momento muito emocionante para mim e para a minha família. Saber que hoje a roda está voltando a girar traz esperança – não apenas para mim, mas para toda a Áustria e para todos aqueles que têm passado por momentos tão difíceis nos últimos meses”.

Peter Hanke, Secretário de Finanças, Economia, Digitalização e Assuntos Internacionais: “As últimas semanas nos mostraram o quanto os efeitos do turismo são diversos na cidade e em seus habitantes. Em bons tempos, o turismo representa mais de 116 mil empregos, gerando cerca de 4 bilhões de euros e uma oferta cultural e gastronômica diversificada. Após a parada ocasionada pela pandemia, a vida em Viena está despertando novamente e estamos fazendo tudo que podemos para em breve estarmos recuperados com todas as forças!”

Norbert Kettner, diretor do Turismo de Viena: “Atualmente, a Roda Gigante representa, como nenhum outro ponto turístico, o recomeço da cidade. A retomada do seu funcionamento nos traz grandes esperanças! Estamos ansiosos para voltar a recepcionar em Viena, desde já, visitantes de toda a Áustria e, em um futuro próximo, também do exterior. Garantimos que mesmo agora Viena tem muito a oferecer – apesar do distanciamento e das recomendações de se evitar ao máximo o contato pessoal”.

Evento de inauguração: Stream in the Sky

Já na véspera da reabertura da Roda Gigante, artistas enviaram para o mundo virtual, em um evento de streaming on-line, uma mensagem musical de confiança e esperança direto de Viena!

Em uma plataforma feita especialmente para esse fim, foi preparado um palco no qual os artistas puderam enviar ao mundo virtual suas saudações musicais a partir de uma altura de tirar o fôlego.

♦ 10 fatos sobre a Roda Gigante:
https://b2b.wien.info/en/press-media-services/pressservice/2020/05/05-br/giant-ferris-wheel-fun-facts


O que está aberto em Viena:

Já há alguns dias ou semanas estão reativados estabelecimentos comerciais, espaços gastronômicos e museus. Hoje reabrem suas portas a rede hoteleira e os estabelecimentos de lazer.


♦ Oferta turística pós-coronavírus
www.wien.info/viennaopennow

Publicado por

Paulo Mancha

Jornalista especializado em turismo, foi editor chefe da Revista Viajar pelo Mundo e repórter das revistas Terra e Próxima Viagem. Desde 2003, fez mais de 40 reportagens internacionais e, em 2012 e 2014, foi agraciado com o Prêmio de Melhor Reportagem da Comissão Europeia de Turismo. Comentarista esportivo do canal ESPN, Paulo decidiu unir neste blog as duas paixões: viagens e esportes.